Startup paranaense faz recrutamento exclusivo para área de TI

A ICON Talent é umas das únicas do país com um recrutamento direcionado à área de TI. Em sua base de dados há mais de 5 mil profissionais cadastrados.

O mercado de Tecnologia da Informação (TI) deve crescer 10,5% no Brasil até o final de 2019, embalado por processos de transformação digital, por movimentos de substituição de tecnologias e pela venda de PCs, tablets, smartphones, impressoras e outros dispositivos. Essa é a previsão do IDC Brasil (International Data Corporation Pesquisa de Mercado e Consultoria).

Veja também

Mulheres são mais qualificadas que homens em TI, mas ganham 34% menos
Foram atentas a esses números, e também a experiência pessoal neste meio, que as sócias Christina Curcio e Janaina Lima fundaram, há quase dois anos, a Icon Talent, uma startup paranaense especializada em recrutamento e seleção para a área de tecnologia da informação. A ideia delas foi a de encontrar perfis de profissionais que esse “novo mercado” exige – com novos desafios e relacionamento dentro das empresas, startups e negócios – e/ou capacitá-los para o dia-dia das empresas.

“A TI tem de estar voltada ao negócio e o negócio tem de estar voltado à TI. Por isso, as competências técnicas e comportamentais dos candidatos precisam caminhar juntas”, lembra Christina Curcio, doutora em administração pela Florida Christian University (FCU) e sócia-fundadora da ICON Talent.

Frente a esse panorama, as sócias desenvolveram uma metodologia própria. O método leva em consideração 5 pontos para alcançar o “perfect match” – o encontro perfeito – entre a vaga e o candidato procurado por empresas, startups e negócios. Parece estar dando certo.

Hoje, a ICON é umas das únicas do país com um recrutamento direcionado a área de TI e realizou mais de 100 contrações para 40 empresas diversas, entre startups, pequenas, de médio e de grande porte, em diferentes segmentos.

5 Pontos para o “Perfect Match”

Conheça os cinco pontos destacados pela startup na momento de fazer o “encaixe”.

  1. Levantamento técnico das necessidades da TI e do Recursos Humanos das empresas
  2. Elaboração do teste técnico de validação do candidato ou candidata para apresentação aos gestores da área de TI
  3. Análise de perfil comportamental do candidato ou da candidatada
  4. Processo de recrutamento e seleção do profissional de TI em língua estrangeira (quando exigida), desde o início do processo de seleção
  5. Follow up duplo no primeiro mês do recrutado ou recrutada na empresa

Segundo a ICON, a metodologia tem dado resultado. Sua base de dados conta hoje com mais de 5 mil profissionais. “O profissional de TI antes vivia em uma área completamente isolada das outras dentro da empresa. Hoje é diferente. O profissional da TI precisa estar atento ao negócio, se aproximar das outras áreas, entender as reais necessidades de cada uma delas e apresentar soluções. Além disso, ele precisa saber como cada área faz uso das soluções tecnológicas por ele apresentadas”, explica Janaina Lima, pós-graduada em Planejamento e Gerenciamento Estratégico na PUC-PR e sócia da ICON Talent.

Fonte: https://www.gazetadopovo.com.br/vozes/parana-sa/startup-paranaense-faz-recrutamento-exclusivo-para-area-de-ti/

Mais Icon News!

× Como posso te ajudar?